12 de fev de 2009

Nem sequer pôde negar

As palavras fujiam de sua boca sem emitir nenhum som,
pairavam no ar...

Verdadeiramente, não sabia mentir.

Nenhum comentário: