22 de jul de 2009

Frágil


O vôo de uma borboleta [morta!]
Asas e olhos desvanecentes...

Nenhum comentário: