27 de dez de 2009

Notei,

o excesso é tão parecido com o vazio.