23 de set de 2010

Ela intuiu que era alguém desinteressante.
Jamais eu poderia ficar com quem sequer percebe que em meu silêncio em perco o fôlego.

Então...



ela não pôde me segurar.

Nenhum comentário: