8 de set de 2010

Matou-a!

Pois ela não era lugar de vida.

Nenhum comentário: